terça-feira, 21 de abril de 2009

A Glória dos Traidores

Como já vai sendo normal, chego ao fim de mais um volume com mais perguntas que respostas.... E este é sem dúvida o melhor até agora. Definitivamente, Martin é um narrador exímio, um tecedor de histórias cujo magnífico trabalho é como uma teia, urdida com enorme mestria (e visível paixão) em que cada plano intriguista, cada gota de amor, cada espadeirada, cada beijo, cada fuga, cada morte...contribui para nos deixar mais enredados e prontos para ser devorados por uma saga com vida própria. Cada vez mais me convenço que se tirarmos à história os seus elementos mais sobrenaturais, ela poderia ter sido possível num qualquer lugar numa qualquer época algo distante da nossa História.
A intriga continua a ser uma constante e um elemento fundamental para nos aguçar o apetite e nos levar a colocar questões que só mais tarde poderão ter resposta (espero que não muito mais tarde...) e as hipóteses de desenvolvimento que se nos afiguram ser mais prováveis continuam a nunca ser as mais acertadas. Martin, tem um talento especial para matar os personagens principais, para fazer sofrer os nossos personagens preferidos e para dar a volta a questões complicadas de um modo que só a vida real poderia fazer. Na escrita de "fantasia" as opções deste autor raramente são adoptadas e é isso que torna esta saga tão especial. É completamente imprevisível.
Não quero adiantar muito sobre a história em si, se o fizesse decerto revelaria algo mais que o devido. Apenas posso recomendar vivamente a sua leitura.
9/10

4 comentários:

Livros de Bia disse...

Oi Alice,
Gosto muito da maneira como você fala sobre os livros sem revelar quase nada da história. Acabou me deixando intrigada e com vontade de ler!!!

Parabéns!

Bjs

Alice disse...

Olá Bia
Bem, na verdade tento mesmo não revelar muito pois assim não influencio muito as pessoas que possivelmente vão ler o livro depois. Cada um deve ter liberdade de ver o livro à sua maneira, de o sentir e quando lemos algo muito especifico relativamente a uma obra ficamos logo influenciados. Para além disso é bom partir para a leitura sem saber a história toda, não é? Ter a oportunidade de ser surpreendido... E estes surpreendem mesmo.
Bj

Borboleta disse...

Ah, mal posso esperar por ler essa saga!! :)

Alice disse...

Borboleta, Borboleta, bate as asas e "vai-te a eles"... eheheh
A sério, já são 7 editados em português (eu vou lançar-me agora ao último) e valem mesmo a pena. Ando aqui com a cabeça às voltas, dúzias de perguntas sem resposta...é viciante.E há a vantagem de termos a segurança de que a editora vai mesmo lançar no mercado a saga completa.
Bj