segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Indomável

Título: Indomável
Autor: P. C. Cast & Kristin Cast
Tradução: Susana Serrão
Edição: Saída de Emergência
Nº de páginas: 304

"A vida é dura quando os amigos nos viram as costas. Que o diga Zoey Redbird que, em uma semana, passou de três namorados para nenhum, e perdeu a confiança do seu grupo íntimo de amigos. E o pior é que Zoey sabe que a culpa é sua. Marginalizada por todos, ela não resiste a criar amizade com o novo aluno da Casa da Noite, o arqueiro olímpico James Stark. Entretanto, Neferet declarou guerra aos humanos depois do assassinato de dois vampyros mortos pelo Povo da Fé. Mas ao contrário das promessas da Sumo-Sacerdotisa, as últimas visões de Afrodite mostram um mundo cheio de violência, ódio e trevas. Zoey sabe que é errado lutar contra os humanos, mas quem está disposto a dar-lhe ouvidos? As aventuras de Zoey na escola de vampyros tomam um caminho perigoso em que as lealdades são testadas, e um antigo mal é despertado... "
Este é, para mim, o melhor livro desta saga, formidável. Ao que parece a trama vai melhorando de livro para livro o que é óptimo.
Neste volume já não se encontram tantas descrições de coisas menos importantes, ou repetições desnecessárias de informação (que a mim tanto me alteram o sistema nervoso) e a estória é simplesmente viciante - basta dizer que li o livro em dois dias, o que não é nada habitual principalmente tendo em conta que tenho que trabalhar a maior parte do dia.
Em Indomável, Zoey vai ter que ganhar muita força e coragem para o que se avizinha pois, Nefret declarou guerra aos humanos e Zoey está só e apenas Afrodite acredita nela. Afrodite transformou-se, no fim do volume anterior, num ser diferente e que ninguém sabe classificar muito bem, as suas visões vão ficando cada vez mais negras e assustadoras mas o que é verdadeiramente assustador é aquilo em que Nefret se irá tornar...
Neste volume o horror, o mistério e a tristeza são levados ao extremo mas sempre temperados com uma pitada de humor. Arrisco-me a afirmar que nunca assistimos a uma estória tão negra no universo da Casa da Noite o que leva a pensar que a saga se pode tornar cada vez mais interessante se as autoras conseguirem manter o nível que alcançaram neste livro.
Apesar das mudanças na trama e de o estilo se estar a tornar algo mais dark, a escrita continua muito acessível e a leitura é muito fácil. Penso que os leitores desta saga vão ficar muito agradados com as pequenas mudanças e recomendo o livro não apenas a quem gosta de vampiros e mistério mas também àqueles que leram alguns volumes da saga e acabaram por desistir. Experimentem ler este volume que não se vão arrepender.
8/10

2 comentários:

Lariane disse...

ainda não li nada!

Elphaba J. disse...

Esta é daquelas sagas que quase desisti… Li até a este volume “Indomável” ainda não comprei o último livro “Perseguida” e é daquelas compras que sei que vou arrastar até ao último momento.

Eu gosto das descrições, do novo mundo vampírico criado por PC e Kriston Cast mas as amiguinhas gémeas da Z, os seus dramas de adolescente e a constante repetição da sua história familiar dá-me cabo dos nervos. Sim eu quero saber do final da história e vou ler os restantes livros mas antes disso tenho de ultrapassar o meu trauma “Z”. (risos…)